Imagem de Capa

banner image

Jornalista maranhense faz vaquinha online para conseguir custear tratamento de doença rara

Compartilhe esta Notícia



A jornalista maranhense Andressa Miranda, de 32 anos, decidiu criar uma vaquinha online para ajudar a custear o tratamento de uma doença rara. Ela relata que, em 2011, após muitas dores e passar por vários médicos, recebeu diagnóstico de síndrome de dor crônica, sem cura. Ela tem a doença desde os 13 anos de idade.

“Já tentei vários tratamentos, porém, remédios controlados caríssimos que somente me deixavam mais lenta, prejudicavam meu estômago e me fazia dormir”, relata a jornalista.

Ela relata que, há dois anos descobriu um tratamento chamado Lemeterapia, que só é feito em outros estados. Ela escolheu a cidade de Goiânia, pois tenho parentes lá.

“Fiz dez sessões e me consultei com um médico. Hoje, só tomo suplementação para diversos problemas acarretados pela Fibromialgia, com alto custo. Além do acompanhamento médico, fiz dez sessões de Lemeterapia, na primeira etapa foram gastos R$ 6.500.00, por conta de exames caros que foram solicitados para completo diagnóstico e confirmação da síndrome”, acrescenta.

Os contatos com a jornalista podem ser feitos pelo WhatsApp (98) 98850-8942.

Confira todo o relato e apelo da jornalista  

Me chamo Andressa Miranda, sou jornalista, tenho 32 anos, luto contra os sintomas da Fibromialgia - Síndrome de dor crônica, sem cura, desde os 13 anos de idade.

Em 2011, após muitas dores e passar por vários médicos, recebi diagnóstico,  já tentei vários tratamentos, porém, remédios controlados caríssimos que somente me deixavam mais lenta, prejudicavam meu estômago e me fazia dormir.

Já tomei inúmeros medicamentos diferentes, já iniciei tratamentos "milagrosos,  já apostei minha ficha de forma errada. Venho buscando a melhor maneira de conseguir ter menos impacto doloroso no meu dia a dia e creio na REMISSÃO DAS DORES.

Agora eu quero viver! Ter qualidade de vida.

Em 2018, novembro, tive uma crise de dor muito forte, em que foi necessário aplicação de duas doses de morfina que cessar a dor. Fui afastada do trabalho para cuidar de mim.

Há dois anos eu descobri um tratamento chamado Lemeterapia, porém só é feito em outros estados, escolhi Goiânia pois tenho parentes lá. Fiz dez sessões e me consultei com um médico, hoje só tomo suplementação para diversos problemas acarretados pela Fibromialgia, com alto custo. Além do acompanhamento médico, fiz dez sessões de Lemeterapia, na primeira etapa foram gastos 6.500.00, por conta de exames caros que foram solicitados para completo diagnóstico e confirmação da síndrome.

Após esta primeira etapa, tive uma melhora muito considerável e sei que posso ir além, caso eu faça as outras 20 sessões que ainda preciso fazer de Lemeterapia e mais 5 sessões de terapia endovenosa, receitada pelo médico que acompanha meu caso.

5 sessões de Lemeterapia custam 650.00 (preciso de no mínimo + 20)
Preciso fazer 5 sessões da terapia endovenosa -  Valor: R$ 1.700.00
Incluindo mais as passagens para duas idas, nova consulta médica, os gastos desta etapa chegam a 8 mil reais.
(Sem incluir valor de suplementação, que é comprada em Goiânia por ser mais em conta e custa R$ 1.000.00, o suficiente para apenas um mês)

 Quero continuar a me tratar e pra isto quero contar com sua ajuda. Divulgue entre seus amigos, se puder faça sua contribuição, a quantia que você puder. Qualquer dúvida entre em contato comigo pelo WhatsApp, no número de  telefone (98) 98850-8942.

Juntos somos mais fortes!

Obrigada!
Andressa Miranda


Jornalista maranhense faz vaquinha online para conseguir custear tratamento de doença rara Jornalista maranhense faz vaquinha online para conseguir custear tratamento de doença rara Reviewed by BM Mídias on 28 março Rating: 5

Nenhum comentário:


Ouça a Rádio BM Mídias Aqui!
Não tocou? Clique no PLAY acima
Tecnologia do Blogger.

Ouça a Rádio Também