Imagem de Capa

banner image

PUBLICIDADE

População da regional do Médio Mearim debate propostas do Orçamento Participativo

Compartilhe esta Notícia


Em mais uma etapa de discussões do Orçamento Participativo, o Governo do Estado promoveu audiência pública no município de Pedreiras, agregando as comunidades da regional do Médio Mearim. Na audiência, a população fez propostas, sugestões e elegeu, entre as prioridades, inciativas para o desenvolvimento das 16 cidades da regional. Esta é a segunda semana de audiências e os debates vão definir a aplicação do orçamento para o quadriênio 2020-2023.

“Todo governo democrático, transparente e que tem diálogo aberto e franco com a comunidade, tem este tipo de iniciativa. As escutas vão levar aos gestores contribuições significativas e demandas importantes da sociedade, para que o Governo do Estado continue fazendo o melhor pela nossa população”, avaliou o secretário de Estado de Indústria, Comércio e Energia (Seinc), Simplício Araújo.

A Prefeita Eudina Costa, em sua fala destacou sobre a importância da participação popular nas audiências públicas, pela oportunidade de debater, opinar e definir sobre as demandas dos município  para que os recursos sejam de fato aplicados de forma adequadas aos anseios da população.


As potencialidades da região são inúmeras e agregam oportunidades na agricultura, pecuária, pesca e piscicultura, extrativismo vegetal e mineral, cadeia do leite, cerâmica e a exploração de gás natural. Como demandas prioritárias, a comunidade elegeu medidas para melhoria da malha viária; incentivos ao agronegócio, turismo e artesanato; políticas de inclusão afrodescendente e quilombolas; revitalização da barragem do Rio Flores; construção de aterro sanitário; dentre outras.
Na década de 60, o Médio Mearim foi um importante ponto de escoamento da produção agrícola, principalmente Pedreiras, cidade mais antiga da região. Atualmente, a exploração de gás natural movimenta a economia da área. Pedreiras tem a maior população e a melhor infraestrutura da região, elementos contribuintes para sua escolha como polo regional.
Além de Pedreiras e Trizidela, integram a regional do Médio Mearim os municípios de Bernardo do Mearim, Capinzal do Norte, Esperantinópolis, Igarapé Grande, Joselândia, Lago do Junco, Lago dos Rodrigues, Lima Campos, Poção de Pedras, Santo Antônio dos Lopes, São Raimundo do Doca Bezerra e São Roberto.
Presentes aos debates da audiência, o presidente da Agência Estadual de Mobilidade Urbana e Serviços Públicos (MOB), Lawrence Melo; a secretária de Estado da Mulher (Semu), Ana Mendonça; e o deputado estadual Vinícius Louro, representando a Assembleia Legislativa do Maranhão.
Debate inclusivo
O processo do Orçamento Participativo ocorre desde 2015, contemplando todo o Maranhão a partir de territórios que englobam os 217 municípios. No período, as escutas territoriais possibilitaram a elaboração de mais de 990 propostas, que tiveram a saúde, educação, agricultura, infraestrutura, saneamento e assistência social entre as áreas mais demandadas e votadas pelas comunidades.
Na ocasião das reuniões do orçamento, as comunidades terão acesso a relatório sobre a situação dos municípios e, dessa forma, terão embasamento para a construção de propostas. O estudo é resultado de levantamento realizado pelo Instituto Maranhense de Estudos Socioeconômicos e Cartográfico (Imesc). Durante as audiências, haverá ainda a promoção de serviços diversos à população, ofertados pelo Governo do Estado.

Confira todas as fotos abaixo.
































População da regional do Médio Mearim debate propostas do Orçamento Participativo População da regional do Médio Mearim debate propostas do Orçamento Participativo Reviewed by BM Mídias on 04 junho Rating: 5

Nenhum comentário:


Ouça a Rádio BM Mídias Aqui!
Não tocou? Clique no PLAY acima

Tecnologia do Blogger.

Ouça a Rádio Também