Capa

PUBLICIDADE

Decreto adia para 2022 obrigatoriedade de planos municipais de saneamento básico

02 fevereiro

Compartilhe essa Notícia:

O governo federal adiou para 2022 o prazo final para que os municípios brasileiros elaborem seus planos de saneamento básico. De acordo com decreto presidencial publicado no Diário Oficial da União (DOU), após o dia 31 de dezembro de 2022, a existência do plano será condição para o acesso aos recursos orçamentários da União ou aos recursos de financiamentos geridos ou administrados por órgão ou entidade da administração pública federal, quando destinados a serviços de saneamento básico.

Sem a mudança, o cumprimento da exigência já deveria ter entrado em vigor. Pela regulamentação anterior, o prazo limite era 31 de dezembro de 2019.

Esta é a quarta prorrogação da data. Prevista na Lei do Saneamento (Lei 11.445/2007), a obrigatoriedade do cumprimento da medida começaria a contar inicialmente após o ano de 2014. Mas o prazo limite sofreu vários adiamentos, passando para o fim de 2015, depois para o fim de 2017 e, em seguida, para o fim de 2019.

Com o decreto agora divulgado, a entrega dos planos foi mais uma vez prorrogada, ficando para daqui a dois anos.
Decreto adia para 2022 obrigatoriedade de planos municipais de saneamento básico Decreto adia para 2022 obrigatoriedade de planos municipais de saneamento básico Reviewed by BM Mídias on 02 fevereiro Rating: 5
⬇️⬇️ COMENTE AQUI ⬇️⬇️

Nenhum comentário:



Tecnologia do Blogger.

Ouça a Rádio Também